Curso de teoria política feminista

A Associação Serras de Minas de Teoria da Justiça e do Direito está promovendo um curso online e gratuito, cujo título e foco é: Desigualdades de Gênero e Justiça.

O curso se debruçará sobre diferentes perspectivas a respeito das desigualdades de gênero enquanto problema de moralidade política nos campos da justiça, dos direitos humanos, da tolerância, do reconhecimento e da democracia.

Sob a idealização e coordenação executiva de San Romanelli Assumpção (IESP-UERJ) e Ana Cláudia Lopes (UFBA e USP), será ministrado pelas professoras Ana Cláudia Lopes (USP e UFBA), Anna Laura Maneschy (UFPA), Carla Pereira Silva (UFMG), Diana Piroli (UFSC), Flávia Rios (UFF), Ingrid Cyfer (Unifesp), Jéssica Omena (USP), Julia Abdalla (Unicamp), Laíssa Ferreira (Unicamp), Lea Silveira (UFLA), Lilian Sendretti (USP e Cebrap), Lorena Fonseca (UFMG ), Madalena Gonçalves (IESP-UERJ), Meyre Teixeira (IESP-UERJ), Monique Hulshof (Unicamp), Rafaela Leite (UFMG), Raissa Wihby (Unicamp), Roseane Lobo (IESP-UERJ), San Romanelli Assumpção (IESP-UERJ). E trabalhará as seguintes autoras e autores: Amartya Sen, Ana Cláudia Lopes, Angela Davis, Anne Phillips, Ayelet Shachar, Beatriz Nascimento, Carol Gilligan, Catharine MacKinnon, Flávia Rios, Frances Olsen, Françoise Vergès, John Rawls, Lélia Gonzalez, María Lugones, Martha Nussbaum, Miranda Fricker, Nancy Fraser, Noëlle McAfee, Phillipe Van Parijs, Saba Mahmood, San Romanelli Assumpção, Sandra Bartky, Seyla Benhabib, Sueli Carneiro, Susan Okin.

As aulas ocorrerão nas manhãs de sábado, das 10h às 12h30, de 02 de outubro a 27 de novembro, pelo Google Meet.

Pedidos de inscrição devem ser encaminhados ao e-mail associacaoserrasdeminas@gmail.com.

Gostou?!

Ajude a divulgar o nosso projeto, siga as nossas redes sociais e, se for comprar pela Amazon, use o nosso link ;D

E, se puder, contribua diretamente com o nosso custeio, doando a partir de um real por mês, pelo Padrim. Queremos muito, muito, muito publicar mais por aqui, produzir oficinais gratuitas, seguir caprichando nas artes para o IG e para o Face, mas para que isso possa acontecer, o ideal é conseguirmos remunerar quem escreve, produz, organiza… 😊

Deixe uma resposta