Oportunidade de publicação internacional – CONSINTER

O CONSINTER, Conselho Internacional de Estudos Contemporâneos em Pós-Graduação está com edital aberto para a publicação internacional de artigos.

Serão aceitos trabalhos nas áreas de:

  • Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos
  • Direito Público
  • Direito Privado
  • Direito Internacional

Poderão participar professores e alunos (vinculados à pós-graduação), especialistas, mestres, doutores, pesquisadores, docentes universitários, juízes, representantes do ministério público, advogados e demais profissionais de carreira jurídica e, em geral, a pessoas que se dediquem no âmbito profissional na área do direito.

E as seguintes condições curriculares deverão ser observadas:

  • Alunos de Pós-Graduação Lato Senso (especializando e especialistas) precisam escrever em coautoria com um Doutor.
  • Alunos de Pós-Graduação Stricto Sensu (mestrandos) deverão escrever em coautoria com um Doutor (preferencialmente o orientador).
  • Mestres, Doutorandos, Doutores e Pós-Doutores poderão escrever individualmente ou em coautoria de no máximo três pessoas.

OBS:  Vale salientar que, visando a quantificação do Qualis, somente serão pré-selecionados para publicação na Revista Internacional CONSINTER de Direito, os artigos aprovados pelo Conselho Editorial, nos quais pelo menos um dos autores tenha titulação de Doutor.

Entretanto, aquele que tiver seu texto aprovado e nenhum dos autores possuir título de Doutor, terá garantida a publicação no livro do CONSINTER: Direito e Justiça.

Os textos encaminhados serão avaliados, respeitando o anonimato da autoria, pelo sistema double blind review.

Atenção!!!

O edital ficará aberto até o dia 31/05/2020, com previsão de uma outra chamada para o dia 31/06/2020. FIQUEM ATENTOS!!!


Artigo aprovado, apresentação no congresso! 


MAS COMO FICA O CONGRESSO COM A PANDEMIA?

Por recomendação do Ministério da Saúde, as apresentações orais e o VII Simpósio Internacional de Direito do CONSINTER (que ocorrerá em Madri – Espanha), está suspenso para evitar a disseminação do COVID-19.

 

Por fim, se quiser mais informações, acesse aqui.

E, para preparar sua apresentação, consulte nosso checklist para uma apresentação acadêmica perfeita.



Gostou?
Assine nosso blog e nos acompanhe também pelas redes sociais. 

Ah… e divulgue para os amigos que querem publicar!



Ajude a mantermos nossos canais!

Temos uma parceria com a Amazon, que nos remunera a cada cadastro para conhecer a Amazon Prime.
O cadastro é rapidinho, e você usufruirá do programa gratuitamente, por 30 dias.
O link é esse aqui: https://amzn.to/2ysVWnr
(ou conheça – e adquira – livros que são nossos queridinhos, dispostos nessa lista, e alguns dos livros que já editamos – ou fizemos a revisão técnica -, e aproveite os descontos especiais clicando aqui)
importante: só recebemos se o cadastro (ou a compra) for feito imediatamente, antes de navegar por outros espaços do site.

Gratidão. 🥰

Já pensou em fazer estágio na Câmara dos Deputados?

Se você possui interesse em conhecer de perto os trabalhos realizados pela Câmara dos Deputados, o “Programa-Estágio Visita de Curta Duração” permite que universitários  – e também pós-graduandos -, de qualquer área do saber, e de todo o país, vivenciem um pouco das atividades parlamentares.

Para participar, os estudantes precisam contatar os Deputados de seus Estados, solicitando que eles o indiquem para o Programa.
~Normalmente, todos os alunos que não possuem contato direto com os políticos, enviam e-mails para todos, até conseguirem a indicação. É que cada deputado pode indicar 1 aluno por semestre, para que a cada mês (aproximadamente), formem-se turmas de no máximo 80 alunos.~

Os alunos indicados saberão, por e-mail, das fases da seleção – se foi indicado pelo Deputado e, posteriormente, se foi selecionado e poderá se inscrever no programa. 

O estágio não é remunerado, mas o estudante recebe uma ajuda de custos de R$ 150,00 para arcar com as despesas de alimentação e hospedagem durante a realização do Programa.

Leia os depoimentos de alguns dos estudantes que participaram da edição dez. 2019 do Programa-Estágio

Alice Rodrigues – Recife/PE
estudante de Ciência Política (UFPE)

“O estágio-visita propõe oportunidades que vão além das prometidas institucionalmente pelo contrato, a troca cultural entre pessoas de todos os lugares do Brasil nos enriquece humanamente e profissionalmente, por nos tirar da nossa bolha social e nos lançarmos, propositalmente, no coração do Brasil. 
O Programa nos apresenta ao que chamamos na área de Ciência Política de Politics, ou seja, os processos políticos; como a Casa do Povo, se organiza para o funcionamento das comissões, como acontecem os pronunciamentos, como são feitas as tomadas de decisões, quais parlamentares exprimem maior influência e respeito na Casa, como o poder das mídias sociais afeta o comportamento dos parlamentares, entre outras realidades que a divulgação e acompanhamento desse trabalho pela imprensa não consegue capturar. Essa realidade é de suma importância para qualquer cidadão brasileiro, em detrimento a formação do seu pensamento político e, até mesmo, num aspecto de accountability vertical. 
Para uma pesquisadora da área, como é o meu caso, o estágio me proporcionou a inspiração para realização de vários temas para desenho de pesquisa, a partir do contato extra teórico que tive na Câmara. A fim de desenvolver fomento científico para devolver à sociedade o investimento imposto em mim na realização do programa.”

Ana Vitória Castro Brito – Manaus/AM
estudante de Direito (ULBRA)

“Foi uma experiência engrandecedora e rica em conhecimentos, uma realização não só profissional como também pessoal. Pudemos conhecer de pertinho o funcionamento do legislativo, o qual só víamos pela tv e internet, acompanhamos algumas audiências públicas e participamos de várias atividades. Foi incrível estagiar na câmara dos deputados durante uma semana e representar o meu estado, recomendo a todos que puderem ter a oportunidade.”

Gabriella Valente – Goiás/GO
estudante de Direito (UFG)

“O Estágio-Visita na Câmara dos Deputados é uma das formas mais palpáveis para um estudante entender a política nacional. Por meio da imersão e da vivência em Brasília, os conhecimentos teóricos são absorvidos de uma forma profunda. Uma semana na ‘Casa do povo’ ensina muito sobre a importância da democracia que, por sua vez, se sustenta pelo diálogo. Em contraste com as manifestações de rua que pedem o retorno da ditadura, o Estágio-Visita fortalece nos participantes a consciência de cidadania porque nos relembra que o debate e a diversidade de ideias são vitais para o presente e futuro do Brasil. Consequentemente, a política passa a parecer menos alheia à nossa vida, e mais uma parte integrante dela. Se fosse possível resumir a experiência em uma lição acadêmica e de cidadania, ela seria a de que todos nós devemos ser interessados pela política.”

Jonathan Henrique Ortener da Silva – Curitiba/PR
estudante de Direito (PUC/PR)

“Minha participação no Estágio-Visita foi uma experiência de conhecimento teórico e prático sobre a Democracia Brasileira.  Uma experiência capaz de demonstrar a importância da Política e da Democracia no Estado Brasileiro, bem assim, fez ver a importância de cada cidadão brasileiro na construção de uma política séria e participativa, rompendo-se, assim, o estigma da atual conjuntura política brasileira.”

Kevin Pontes Ribeiro Felipe – Belém/PB
estudante de Direito (UEPB)

“O Estágio Visita da Câmara dos Deputados é uma experiência única por vários motivos, dos quais eu destaco o intercâmbio cultural, a troca de experiências sociais e acadêmicas com pessoas das diferentes regiões e de diferentes cursos de graduação e pós-graduação, a vivência política e todo o ritmo frenético dos Deputados, assessores e servidores da Casa, e a enxurrada de conhecimentos sobre política e participação dos mais diversos seguimentos da sociedade nesse mundo. Enfim, foi uma semana sensacional, que vai ficar para sempre na minha memória por todas as amizades e conhecimentos que adquiri no Coração do Brasil!”

Laryssa Virgílio Pereira de Araújo – Maceió/AL
estudante de Pedagogia (UFAL)

“O estágio visita é uma experiência ímpar e contribuiu de maneira significativa para minha formação enquanto cidadã e acadêmica. Conhecer a vivência política na prática de maneira intensa, através dos debates, palestras e as simulações proporcionou a compreensão da importância do poder legislativo. Reafirmando através das trocas de experiências a importância da democracia, descobrindo o trabalho dos Depurados federais e o papel do legislativo. Como futura pedagoga estou sempre em busca de novos conhecimentos e o estágio fez com que meu interesse na educação ganhasse novos horizontes, passei a perceber a importância de pessoas na área da educação dentro do legislativo.”

Leonardo Ferrari – Araras/SP 
estudante de Direito (UNAR ARARAS)

“Eu acho que todo cidadão e estudante deveria fazer esse estágio, conhecer o núcleo do Poder Legislativo nacional é fundamental para nossa formação política e agrega conhecimento para todas as áreas da nossa vida, muita gente não faz ideia do que acontece nos bastidores dos prédios que decidem o futuro de todos nós. Experiência única.”

Paulo Henrique Marinho Lopes – Osasco/SP
estudante de Educomunicação (USP)

“Participei do programa estágio-visita na Câmara dos deputados, nesse excelente programa pude vivenciar os bastidores dos parlamentares do Brasil. Como estudante de áreas como Comunicação e Educação, vindo de uma escola pública, pude contribuir com meus conhecimentos acadêmicos  em diálogo direto com parlamentares e pessoas de todo o Brasil.
Foi uma emoção muito grande poder resistir e erguer uma bandeira LGBT e as ideias que eu defendo, símbolo da luta, estagiando em um espaço de controvérsias, disputas de discursos e opressões como nosso congresso. Então, posso dizer que sem dúvidas o programa contribuiu para minha trajetória, inclusive acadêmica, com princípios essenciais para exercer a cidadania.
O programa ensina sobretudo que não estamos sozinhos na luta, que há representação, enquanto houver democracia haverá luta pelas ideias. E todo mundo, mesmo que com diferentes planos e interesses do jogo político, deseja o melhor para o país.”

Raryson Alexandre Cavalcante – Natal/RN
estudante de ciências contábeis (UFRN)

“Participar do estágio visita foi uma das experiências mais enriquecedoras da minha vida. Através do programa pudemos ver e sentir a chama acesa da democracia no poder mais plural do Estado. A casa que abriga e representa a nossa sociedade.

Durante o estágio realizamos ações e discussões sobre fake news e ainda vivenciamos uma simulação de como é a atuação de um parlamentar.

A experiência também agregou muito na vida acadêmica. O contato com jovens de todas as regiões do país, a plularidade de pensamento e história de vida trazida por cada um, refletem a imensidão do Brasil. E toda essa interação entre os universitários que carregam experiências de trabalhos e projetos de pesquisas realizadas em suas universidades, muito agrega aos participantes que podem ver novos horizontes de trabalho, sem falar no networking que temos para indicar/ser indicados entre os participantes deste projeto.”

Para finalizar, duas fotografias com a turma toda

WhatsApp Image 2020-05-07 at 22.01.43 (1)WhatsApp Image 2020-05-07 at 22.01.43

MARIELLE FRANCO – Escreva um ensaio feminista e concorra a prêmios

O Instituto Marielle Franco e a Editora Contracorrente divulgaram edital para o Prêmio Marielle Franco de Ensaios Feministas 2020.

Para participar da premiação, é necessário que o ensaio a ser submetido seja escrito por, no máximo, duas autoras (mulheres, podendo ser trans ou cisgênero), com mais de dezoito anos e de nacionalidade brasileira.

Importante: o conteúdo precisa ser original!

Temas abrangidos por esta premiação

· Feminismo e violência contra a mulher

· Feminismo e democracia

· Feminismo negro

· Feminismo e classes sociais

· Feminismo e identitarismo

· Feminismo e arte

· Feminismo e lugar de fala

· Teorias críticas do feminismo

· O corpo feminino e a sociedade 

Premiação

primeira colocação – R$10.000,00 e a publicação do texto na coleção Marielle Franco de Ensaios Feministas, da Editora Contracorrente.
(A(s) autora(s) fará(ão) jus à 5% do preço de capa da obra, sendo que os demais 5% serão revertidos em favor do Instituto Marielle Franco.)

Inscrições

Para realizar a inscrição, a(s) interessadas(s) deverão preencher o formulário que pode ser acessado por aqui, até 14 de junho de 2020.

Para mais informações, acessem: https://www.institutomariellefranco.org/ensaios-feministas.

Boa sorte!