II Seminário de Criminologia Feminista

Vem aí o II Seminário de Criminologia Feminista! A edição deste ano contará com seguinte programação:

Dia 04 de novembro de 2021, às 19h

Revisitando a Criminologia Feminista: Interseccionalidades, com Soraia da Rosa Mendes

A capacidade transformadora dos estudos de gênero para o enfrentamento ao feminicídio, com Adriana Ramos de Mello

Criminologias feministas no contexto do jusfeminismo, com Elaine Pimentel

Criminologia subterrânea, com Dina Alves

Perspectivas de uma forasteira de dentro: feminismos e antirracismo no contexto de uma criminologia brasileira, com Elita Isabella Morais Dorvillé de Araújo


Dia 05 de novembro de 2021, às 19h

Da importância de ouvir as mulheres em situação de violência: o que elas têm a dizer?, com Maria Júlia Poletine

Engajamento feminista na justiça restaurativa, com Michelle Karen Batista dos Santos

O papel das lutas feministas para a transformação social e enfrentamento ao conservadorismo no Direito, com Emilly Marques

A importância das políticas do aborto às criminologias feministas, com Domenique Goulart

Participação especial: Alice Bianchini

Investimento

O Seminário conta com 2 categorias de inscrição:

Inscrição <>  R$ 25
Inscrição + Inscrição solidária <> de R$ 50,00 a R$ 75,00
[Optando pela inscrição solidária, você garante a sua inscrição e contribui com o custeio das bolsas.]

Bolsas solidárias
A organização pretende distribuir bolsas para participantes de movimentos feministas, populares, sociais, coletivos e organizações da sociedade civil; e para pessoas beneficiárias do auxílio emergencial e/ou do programa bolsa família.
Para solicitar uma bolsa, a pessoa interessada deverá preencher este formulário aqui até o final do dia de hoje (25/10/2021). O resultado das bolsas será divulgado no dia 31/10/2021, mediante contato direto, por e-mail, às/aos selecionadas/os.

Tem um novo Clube de Leitura na praça – e é 0800!

Salve, Pessoa!

Se você é das criminologias, que tal participar da primeira edição do Clube de Leitura da Blimunda?

Será no dia 13/09/2021, às 19h30, e a obra a ser debatida é Criminologia Crítica Brasileira: da abolição da escravatura à libertação crítica, de Vanessa Cererer de Medeiros – com a própria!

A atividade é gratuita e, por razões de segurança – afinal, os robôs andam invadindo todos os eventos críticos -, em sala virtual restrita a inscritos.

Gostou da proposta? Inscreva-se aqui.

Considere apoiar o nosso trabalho, para que possamos nos dedicar mais ao projeto, produzindo mais dicas e procurando mais oportunidades por aí ;D

Até o próximo post!

Lattes, Produções e Editais Internacionais

O Projeto Quero Publicar, em parceria com o Grupo de Estudos e Pesquisa Interdisciplinar Lélia Gonzalez e com o Coletivo Redes em Movimento, organizou mais um curso bacanudo para vocês. Veja aí:

Ementa
Currículo lattes. Organização sistemática de documentos acadêmicos. Produções acadêmicas: escolha do tema e seleção das referências. Técnicas, procedimentos e aplicativos para registro de leituras. Escrita, apresentação de trabalhos e o “tempo da gaveta”.  Escolha do veículo para publicação. Editais internacionais.

Objetivos
De caráter prático, esse curso pretende orientar o cursista quanto ao uso correto da plataforma lattes; apresentar técnicas, ferramentas, aplicativos e sites úteis para organizar documentos, facilitar o processo de escrita científica e otimizar a busca por oportunidades de publicação, estudos e pesquisas – inclusive internacionais.

Conteúdos
Currículo Lattes
* Ferramentas para melhor organizar a documentação comprobatória;
* Como escrever um bom resumo;
* O que incluir e como dispor as informações acadêmicas e profissionais;
* A (im)possibilidade de cadastro de blogs | perfis profissionais no instagram;
* Onde vão e como lançar:   
          – patentes;
          – registro de marca;
          – trabalhos técnicos (traduções, pareceres, revisões técnicas, revisões ortográficas, edições);
          – originais “no prelo”; 
          – cursos profissionais;
          – edição | participação em podcast;
          – entrevistas na TV, em jornais e/ou revistas;
          – participação em lives [no facebook, instagram e no youtube]
          – grupos de estudo | pesquisa | leitura;
          – produções artísticas;
          – voluntariado, e
          – licenças.
Produções
* Escrita voltada à publicação ~ escolha do tema e do veículo para publicar;
* A importância do ISBN, ISSN e DOI;
* Aplicativos e técnicas para registro das leituras;
* Novas plataformas de conteúdo: como usar e como citar;
* NBRs essenciais;
Editais internacionais
* Como aproveitar as informações do lattes?
* Onde procurar por oportunidades?
* Como otimizar a busca?

Quando?
Dias 16, 17 e 18/08, sempre às 19h.

Sobre a Facilitadora
Bruna Schlindwein Zeni é professora universitária (em licença não remunerada), com mestrado em direitos sociais e políticas públicas, e cursos de extensão sobre constitucionalismo contemporâneo, ensino participativo, teorias de gênero, comunicação não violenta, edição, produção editorial e produção de conteúdo para a web. Iniciou Pedagogia e, atualmente, cursa uma pós-graduação para aprofundar seus conhecimentos sobre direitos fundamentais e seu sistema de promoção e proteção. Possui mais de dez anos de experiência no mercado editorial jurídico, com passagem pela Revista dos Tribunais/Thomson Reuters e Saraiva/Somos Educação. Em razão uma oportunidade familiar no estrangeiro, reorganizou a vida profissional e hoje presta consultoria para autores, editoras, universidades e produtoras de conteúdo, atuando com aquisição de autores e projetos; edição; revisão técnica; organização de catálogo; produção de conteúdo e leitura sensível de livros, artigos, monografias, teses e dissertações. Segue com alguns vínculos no Brasil, como consultora ad-hoc do Ministério da Educação, Coordenadora Regional da Rede Brasileira de Saberes Descoloniais e Pesquisadora do Centro Internacional de Direitos Humanos de São Paulo. É associada ao Instituto Brasileiro de Direito Constitucional – IBDC e a Associação Brasileira de Editores Científicos – ABEC. Fundou a Rede Feminista de Profissionais do Livro, a Editora Blimunda e o Projeto Quero Publicar.

Ficou interessade? Inscrições aqui ;D

Ciclo de palestras: Mulheres & (Re)Existências

O Grupo Lélia Gonzalez organizou um ciclo de palestras – online, gratuitas e com certificação – que ocorrerão no mês de julho, conforme programação a seguir:

19/07 – 18h – Por uma educação antirracista – Profª Lavini Castro, da Rede de professores antirracista

20/07 – 19h – Mulheres e escrevivências – Profª Adrielle Lisboa, da UERJ

21/07 – 19h – Racismo e transição capilar – Profª° Elina Oliveira, da FURG

22/07 – 19h – Agenda Antirracista e o trabalho do Instituto Marielle Franco – Profª Fabiana Pinto, do Instituto Marielle Franco

23/07 – 19h – Por uma educação transformadora – Cassiane Paixão, da FURG

Aproveite!

Inscrições aqui.

X Prêmio José Bonifácio de Andrada e Silva

O X Prêmio José Bonifácio de Andrada e Silva é uma realização do Instituto O Direito por um Planeta Verde, que visa propiciar o amadurecimento do Direito Ambiental e fortalecer a efetividade do sistema normativo, estimulando a pesquisa crítica e o enfoque transdisciplinar, bem como a formação de novos operadores do Direito, conscientes dos valores em consolidação em relação à proteção jurídica do meio ambiente.

O Prêmio será atribuído a sete categorias, e o autor ou autora do trabalho deverá, obrigatoriamente, inscrever-se na categoria da sua maior titulação:

1) Estudantes de graduação;
2) Estudantes de especialização;
3) Estudantes de mestrado;
4) Estudantes de doutorado;
5) Especialista;
6) Mestre, e
7) Doutor.

Para inscrever-se no X Prêmio José Bonifácio de Andrada e Silva, o candidato ou candidata deve, além de se
ater aos requisitos do Edital, entregar, no ato da inscrição, uma série de documentos, por e-mail (josebonifacio@planetaverde.org), até às 23h59 do dia 15 de agosto de 2021.

Quanto ao tema dos trabalhos, poderão ser inscritos ensaios que se encaixem em:

1. Estado de Direito Ambiental: tendências e meios de concretização
2. Erradicação da Pobreza, Fome Zero e Agricultura Sustentável
3. Saúde, Bem Estar e Meio Ambiente
4. Educação Ambiental
5. Cidades e comunidades sustentáveis
6. Consumo e produção responsáveis
7. Ações contra a mudança global do clima
8. Direitos Humanos e Meio Ambiente: Redução das Desigualdades
9. Meio Ambiente e Igualdade de Gênero
10. Água e Saneamento Básico
11. A Proteção dos Ecossistemas
12. Trabalho e Desenvolvimento na perspectiva ambiental
13. Inovação, Atividades Econômicas e Meio Ambiente
14. Justiça e instituições eficazes na implementação dos ODS’s
15. Sociedade Civil e Implementação dos ODS’s.

Os primeiros colocados de cada categoria terão os seus textos publicados no formato de capítulo de livro, pela RT ;D

Para acessar o Edital, clique aqui.